Sendo o Ciclo PDCA e a metodologia Scrum ambos ciclos de melhoria contínua, podemos relacionar um ao outro para entendermos como eles funcionam ao mesmo tempo.

O que é o ciclo PDCA?

O Ciclo PDCA, também chamado de Ciclo de Deming, em homenagem ao seu idealizador, W. Edwards Deming, é uma representação de um ciclo de melhoria contínua, consistindo de quatro etapas: Plan, Do, Check, Act (Planejar, Realizar, Checar, Agir). Neste ciclo, o primeiro passo é planejar o que será feito para realizar uma melhoria em algum problema atual (Plan). Após isto, deve-se realizar o que foi planejado (Do), e ao se terminar a parte prática, checar o que deu certo, o que deu errado e como é possível melhorar para que possamos realizar um próximo ciclo ainda mais efetivo (Check) e gerar um plano de ação para concretizar as melhorias (Act). O objetivo ao utilizar este ciclo é: erre rápido, mas conserte seus erros mais rápido ainda.

 

Como correlacionar PDCA e o Scrum?

Como dito no começo desse post, tanto o Ciclo PDCA quanto o Scrum são metodologias que buscam a melhoria contínua, isto é, que a cada ciclo haja melhorias permanentes em direção ao que se deseja.

Conseguimos relacionar ambos em dois níveis: o nível de Sprints, melhorando a cada nova Sprint, e o dos Daily Scrums, melhorando a cada dia de trabalho. Abaixo vamos mostrar como o PDCA se relaciona a cada um desses níveis.

 

A nível de Sprints

Olhando para a melhoria Sprint após Sprint, é possível categorizar cada um dos Eventos no Scrum como uma parte do ciclo PDCA. A relação se dá da seguinte maneira:

  • Grooming de Backlog – Plan
  • Sprint Planning – Plan
  • Sprint – Do
  • Revisão de Sprint – Check
  • Retrospectiva de Sprint – Act
  • Criação de planos de ação – Act

A nível de Daily Scrums

Também conseguimos observar que durante o Sprint se roda o ciclo PDCA a cada dia, na forma de Daily Scrums. Dizemos que ocorre um ciclo PDCA por dia devido à estrutura dos Daily Scrums. Vamos exemplificar para facilitar a compreensão: Uma equipe está em seu segundo dia de Sprint e irá realizar o primeiro Daily Scrum daquele Sprint. Chega o horário marcado para este evento e a equipe e o Scrum Master se reúnem para a reunião.

Antes mesmo de começar a reunião, uma etapa do ciclo PDCA diário já foi realizada: a partir do momento que o Sprint começou, o time já está na etapa “Do”, chegando ao primeiro Daily Scrum com ela parcialmente realizada. Então o que acontece durante o Daily Scrum são as etapas de Check (saber o que cada membro do time fez no dia anterior para que se alcançasse o objetivo).

A etapa de Act se mostra quando cada um do time, já sabendo o que os outros fizeram e o que deu certo e errado até agora. Nela se cria um plano de ação para enfrentar o próximo dia de trabalho. Em seguida, a equipe, ao responder o que será feito do dia atual até o próximo, realiza a etapa de Plan, fechando assim o ciclo PDCA de um Daily Scrum e começando novamente a trabalhar na etapa “Do”, que é o período em que trabalham para realizar as tarefas acordadas anteriormente.

Somos levados a concluir que Scrum se beneficia duplamente do ciclo PDCA ao realizá-lo em duas instâncias diferentes, uma a nível de Sprint e uma diariamente, no nível de Daily Scrum, potencializando assim os ganhos da empresa que usa o framework Scrum para realizar o trabalho.

Sharing is Caring!